segunda-feira, 15 de julho de 2024

Neste dia primeiro de julho celebramos os 30 anos do Plano Real, um marco histórico para o Brasil. Esta data simboliza um divisor de águas em nossa economia e na vida de milhões de brasileiros, sendo um momento de grande orgulho e reflexão. O Plano Real, implementado em 1994, foi um esforço corajoso e inovador que trouxe estabilidade econômica após anos de inflação descontrolada. Antes do Plano Real, a inflação corroía os salários, minava a confiança e impedia o crescimento sustentável. Foi através de um conjunto de medidas bem planejadas e executadas que conseguimos estabilizar a moeda, recuperar o poder de compra da população e colocar o Brasil no caminho do desenvolvimento. Devemos reconhecer e agradecer o trabalho incansável dos economistas, líderes políticos e técnicos que estiveram à frente deste projeto capitaneado pelo Fernando Henrique Cardoso, então ministro da Fazenda, depois presidente da República e presidente de honra de nosso partido. O impacto do Plano Real vai além dos números e gráficos. Ele transformou vidas, proporcionando uma melhora significativa na qualidade de vida de milhões de brasileiros. Com a inflação sob controle, famílias puderam planejar o futuro com mais segurança, empreendedores encontraram um terreno fértil para seus negócios e o país pôde retomar o caminho do crescimento. Ao celebrarmos esta importante data também devemos olhar para o futuro. Precisamos continuar zelando pela estabilidade econômica, implementando políticas responsáveis e inovadoras que garantam um desenvolvimento sustentável e inclusivo. Em nome do PSDB, o partido do Plano Real, reafirmo nosso compromisso com a construção de um Brasil cada vez mais próspero e justo. O Plano Real nos mostrou que, com determinação e união, somos capazes de superar grandes desafios. Marconi Perillo Presidente Nacional do PSDB

domingo, 14 de julho de 2024

De volta para o dinheiro vivo

A fome de arrecadar o máximo possível para bancar um governo perdulário, um judiciário esnobe e comprar putas legislativas vai acabar mudando nossos costumes. Querem taxar o PIX de pessoas físicas, o que enterra sua finalidade, que é a de substituir dinheiro vivo. Voce não paga taxa para pagar um sorvete com cédula, mas vai pagar com PIX. As pessoas vão voltar, rapidamente, para as cédulas. O peso absurdo que os impostos terão sobre tudo vai praticamente obrigar as pessoas a sonegar para viver. Um imposto de 26% sobre os imóveis acabará com o mercado imobiliário. E o imposto seletivo vai falir muitas empresas e explodir o desemprego. Da Coluna de Marcel Leal do Jornal A Região

Governo impõe infanticídio

Em julgamento por fraude, os próprios dados da Pfizer mostraram que 31 dos 32 bebés que ela testou morreram. É a mesma vacina que o usurpador Ludrão e juízes militantes querem obrigar os pais a dar para seus filhos. Na prática, estão impondo que os pais condenem seus filhos talvez à morte. O Brasil é o único país impondo o veneno. Aos poucos, a verdade aparece No Brasil, a midia esconde, mas no exterior relatórios oficiais dos órgãos de controle dos EUA registram aumento de 111.795% nos AVCs e coágulos após a vacinação contra a Covid, comparado com antes dela. Nas Filipinas, dados oficiais indicam 290 mil mortes que foram causadas pela vacina, devido ao mRNA, que traz prejuízo permanente. * Uma investigação nos EUA descobriu que os checadores de fatos sobre as vacinas da Covid eram pagos pelas farmacêuticas que as produziam. A midia idem. Da Coluna do Marcel Leal, do Jornal A Região

domingo, 7 de julho de 2024

Sinais do poder Eleito governador de Minas Gerais, Tancredo Neves lembrou que precisava arrumar cargo importante para um amigo de todas as horas, Feliciano Libânio da Silveira, o Sanico, hoteleiro em Alfenas. “O que você deseja no meu governo, Sanico?” O amigo foi sincero: “Só uma coisa, Tancredo: quando você for anunciar o secretariado, sala lotada de jornalistas e de políticos, me chame na frente de todo mundo e cochiche qualquer coisa no meu ouvido...” Assim foi feito. Sanico sabia que os sinais podiam ser mais importantes que os cargos.
da Coluna Poder sem poder, do Diário do Poder

‘Esquerda me odeia por ser negra, mulher, nordestina e livre’, diz secretária de Tarcísio

Secretária do governo discursa contra uso político de raças e gêneros
Sonaira Fernandes, vereadora e secretária da Mulher. (Foto: extração youtube). Deborah Sena A secretária da Mulher do Estado de São Paulo, Sonaira Fernandes, que é figura de destaque no governo Tarcísio, contou durante conferência conservadora que ocorre em Camboriú, Santa Catarina, com confirmação da presença de Javier Milei e Jair Bolsonaro, como é ser o alvo da oposição ao governo paulista sob o viés do identitarismo e de ataques incessantes que visam desgaste de imagem. Por ser negra, mulher, nordestina, não rezar a cartilha do politicamente correto e ser livre a esquerda me ama. Só que não. A Câmara Municipal de São Paulo é total militante e tem os seus representantes que movimentam as raças. A esquerda sempre acha que se é mulher e se for negro, é propriedade exclusiva da esquerda. O nosso papel dentro das casas legislativas é expor essa hipocrisia”, declarou Sonayra, que também é vereadora. Ao prosseguir com o uso da palavra, a secretária seguiu defendendo que “a esquerda não é dona da periferia, a esquerda não é dona dos negros e a esquerda não vai perverter os nossos filhos. Eles precisam de um marketeiro para falar sobre família para tentar enganar, sobretudo, o povo cristão. A vigilância precisa estar em nós”, cravou.

segunda-feira, 10 de junho de 2024

Apostas abertas

A plataforma de previsão de mercados e apostas Polymarket aponta que o ex-presidente Donald Trump tem 56% de chances de voltar ao cargo no fim deste ano e Joe Biden tem 38% de chances de ser reeleito. Da coluna de Cláudio Humberto, do diário do poder. https://diariodopoder.com.br/coluna-claudio-humberto/pindaiba-marca-o-dia-do-meio-ambiente-mas-marina-se-omite

Rachadones

O deputado Kim Kataguiri (União-SP) resgatou tuíte de Guilherme Boulos (Psol-SP) afirmando que “rachadinha é corrupção”. É de Boulos relatório livrando André Janones (Avante-MG) de processo sobre a safadeza. Rebordosa Barraco entre arruaceiro Janones, com direito a “eu quebro tua cara com um soco, otário”, e o deputado Nikolas Ferreira (PL-MG), deve render outra representação no Conselho de Ética. Da coluna de Cláudio Humberto, do diário do poder. https://diariodopoder.com.br/coluna-claudio-humberto/pindaiba-marca-o-dia-do-meio-ambiente-mas-marina-se-omite

Pindaíba marca o Dia do Meio Ambiente, mas Marina se omite

Ao ocupar a rede de TV e rádio para bater bumbo sobre o Dia do Meio Ambiente, a ministra Marina Silva exercitou a velha hipocrisia; nada falou sobre a redução de verbas de interesse do ministério que chefia, do Meio Ambiente. Minguaram este ano pagamentos ao Fundo Nacional sobre Mudança do Clima, por exemplo: R$118,8 mil até maio contra R$3,4 milhões no mesmo período de 2023. No primeiro ano de Jair Bolsonaro, foram destinados R$8,3 milhões paro fundo, no de Lula, R$3,9 milhões. Nadica de nada O Siga Brasil, que monitora o Orçamento, mostra a penúria do Fundo Nacional do Meio Ambiente, de Marina: recebeu zero reais, este ano. Cerrado sofre No pronunciamento, Marina ignorou alta no desmatamento do Cerrado, 11.011,69 km² (2023). É a maior taxa desde 2015, aponta o Terra Brasilis. Promessa de político Nem mesmo a trombeteada Autoridade Climática saiu do papel. Sem o interesse do governo Lula, falta orçamento para estruturar a autarquia. Saudade do meu ex Comparado com o início do segundo ano do governo Bolsonaro, este ano o Ibama também viu os pagamentos caírem em R$84,3 milhões. Da coluna de Cláudio Humberto, do diário do poder. https://diariodopoder.com.br/coluna-claudio-humberto/pindaiba-marca-o-dia-do-meio-ambiente-mas-marina-se-omite